Têxtil

A coleção têxtil é a coleção de maior significado e importância de entre o acervo do Paço dos Duques.

Na origem da escolha de algumas das tapeçarias adquiridas para o Paço dos Duques houve o parecer abalizado da Dona Maria José Taxinha, o que permitiu reunir uma coleção de excelente qualidade, comprada no mercado nacional e internacional.

Refira-se, por exemplo os três tapetes Salting, produzidos na Pérsia, no séc. XVI, e valiosos pela sua raridade e qualidade técnica, bem como o conjunto de tapeçarias produzidas na Bélgica, em Bruges, no séc. XVII.

Merecem também menção as designadas «Tapeçarias de Pastrana» cópias fiéis de tapeçarias que representam a conquista de Arzila e Tanger, perpetrada pelos portugueses no Norte de Africa, em 1471.